Está aqui

O MLS é um bando de neo-liberais!

Os Liberais de uma forma geral, e os Liberais Sociais em particular, são frequentemente confundidos com outras ideologias, sobretudo em países onde não existem partidos Liberais como é o caso de Portugal. O Liberalismo Social tem muito pouco que ver com o chamado Neo-liberalismo. Vejamos:

  • O Neoliberalismo, também chamado de Anarcocapitalismo ou Libertarianismo (a confusão taxonómica para estes lados é grande), é uma ideologia socio-económica, divergente do Liberalismo Clássico, baseada na ideia da soberania individual, direito ilimitado à propriedade privada e a submissão do direito aos contratos entre indivíduos soberanos sobre si mesmos, levando à rejeição do estado e permitindo um capitalismo absolutamente livre e desregulado, laissez-faire.

  • O Liberalismo Social (ideologia política da qual o MLS está mais próximo) é favorável a uma economia de mercado livre mas regulada. O estado deve abdicar do papel de actor económico, mas não deve abdicar do seu papel regulador, assegurando que os mercados funcionam bem e promovendo a concorrência de modo a maximizar o ganho global. O MLS não vê a economia de mercado como um fim em si, mas antes como a forma de organização económica que melhores resultados traz a todos. Além disso, acreditamos que o estado não deve jamais demitir-se da sua função de garantir a fruição dos direitos humanos a todos.

    Fora do plano económico, temos preocupações sociais; prezamos muito as liberdades individuais e até temos uma costela ecologista. Tudo coisas que muitas vezes escapam aos Neoliberais.

Por tudo isto e ainda mais, consideramo-nos bem longe da noção habitual de Neoliberalismo.