Está aqui

Como organizar um debate?

Como organizar um debate

Já pensaste em organizar um debate político? Com o teu envolvimento e as instruções contidas neste guia vais ver que é muito fácil e acima de tudo motivante.

O que vais ler neste manual não são regras a serem seguidas religiosamente, mas apenas o resultado da experiência de várias pessoas do MLS até ao momento. Se quiseres podes organizar um debate diferente do que nós aqui descrevemos, sendo que será interessante que acrescentes a esta área a tua experiência.

Os debate têm até aqui sido organizados num ambiente descontraído, com mesas e cadeiras em “U” por forma a promover a participação de todos.

Porquê organizar um debate?

Os debates são fáceis de organizar e uma boa forma de divulgar o MLS, aumentando a nossa credibilidade. Tornam também mais atractivo o MLS como associação, pois são uma forma de demonstrar que o MLS tem actividades frequentes e está envolvido com a sociedade.

O MLS também fica a ganhar pelo fortalecimento de relações com outras associações, a formação e amadurecimento de ideias dos seus membros .

Algo que até ao momento não funcionou foi utilizar os debates para recrutar novos membros, no entanto, após as pessoas estarem interessadas, os debates ajudam a fixar o potencial sócio ao Movimento e evidentemente, ajudam a divulgar o liberalismo, via as presenças no mesmo de elementos do MLS.

A nível pessoal, a organização de debate vai-te dar experiência na organização de actividades e no debate de ideias políticas, e vai alargar a tua rede de contactos, o que pode vir a ser muito útil para ti no futuro.

Formato dos debates

O formato típico dos debates Liberais têm sido com 2 ou mais oradores e 1 moderador. O moderador não tem de ser uma pessoa extremamente informada sobre o assunto, mas convém que tenha uma compreensão global sobre o tema e tem de ter uma grande capacidade de relações pessoais pois a qualquer momento poderá ter de impor a ordem sem parecer autoritário.
Os pontos de vista dos diferentes oradores devem ser opostos, sendo um deles liberal e outro não. Se possível será bom ter 3 posições diferentes sendo uma uma liberal, outra de direita e outra de esquerda.
Os oradores terão uma breve introdução, cada um explicitando as suas perspectivas. Certifiquem-se que é realmente breve, evitando passar os 10 minutos. De seguida o moderador vai aceitando marcações dos presentes para intervir. O moderador tem entre as suas funções a de incentivar o publico a participar.
A interactividade está na moda e tem de estar muito presente nos nossos debates.
Os oradores principais depois de introduzirem serão como dois participantes em ponto de igualdade com os demais tendo que pedir autorização para falar.
O moderador não deverá permitir que ninguém intervenha sem ser a sua vez de falar.

Escolher o tema e os participantes

Quando definires os temas define simultaneamente possíveis oradores. Se o debate for sobre ambiente convida associações ambientalistas, se for sobre direitos LGBT, convidas associações Gay, etc.
Contrói uma lista de possíveis debates e organizações e personalidades que sejam passiveis de convidar. Deves ter em conta o timming do debate e saber o quanto eminente é o tema que vai ser debatido.
Em vez de organizações também se podem contactar blogues. Se forem blogs conhecidos eles podem atrair muita gente ao debate.
Alguns blogs são visitados diariamente por centenas de leitores por dia e para cada evento anunciado num blog é de esperar vários links como aconteceu com o nosso primeiro debate. Esta é uma forma de atraires muitas visitas para o nosso site e blog.
Depois de termos uma lista de temas e eventuais participantes começa-se pelos que temas mais quentes, mais fáceis de organizar e onde a posição liberal seja mais popular.

Organização dos debates.

Um debate para funcionar precisa de oradores, moderador, local e público.
O mais importante da organização convém que seja feito em pouco tempo, mas acompanhado até ao dia D e executado com o devido follow-up.

Numa fase antecipada falas com os possíveis oradores, moderador e estabelecimentos acerca do interesse de participar num debate sobre o tema que pensaste e pergunta sem especificar sobre datas que lhes convenham. Deve se prestar muita atenção ao interesse destes oradores pois existe sempre o risco de faltarem no dia D.

A fase mais crítica é a marcação da data, local e hora. Tendo em consideração as indicações dadas pelos participantes contacta o estabelecimento e pede 2 dias possíveis indicando que já voltas a telefonar para confirmar a hora. De seguida contacta os participantes e pergunta sobre a conveniência deles para os devidos horários.
Deves interrogar os possíveis participantes rapidamente e do mais importante para o menos importante.
Se alguém não puder tens de decidir rapidamente se abdicas desse participante ou se alteras a data.
Quando tiveres todas as confirmações confirma o estabelecimento e a todas as pessoas. Não deixes ninguém na dúvida se vai ou não existir debate.
Presta atenção para não te enganares e dizeres a alguém uma data diferente ou dizeres algo como sabado dia 23 e o sabado calhar num 24. Estas pequenas distracções podem deitar tudo por terra.

Atenção: Não queres fazer alterações à última da hora.

Depois de teres o debate organizado convém ires falando com os oradores e moderador. Convida-os para um almoço ou um café. Se a organização deles vai ter um debate vai participar nesse debate. Sê amigável e sempre agradável.

Pede a colaboração deles, mas não sejas demasiado persistente. Pede que tragam pessoas da organização a que pertencem, pede ajuda para divulgar ou até para colocar cartazes. Claro que tens de ter em conta o tipo de pessoas são e que tipo de ajuda eles podem dar. Mas como em tudo o que fazemos deves convida-los a ajudarem de forma a sentirem-se ligados e a criarem laços de trabalho.

A maioria das pessoas gosta de chegar atrasado. Uma possível solução é marcar algo para antes como uma pequena conversa ou uma sessão de esclarecimentos.

Divulgação do debate

Como viste no texto acima, o mais importante da divulgação já o fizeste mas podes aproveitar a oportunidade para atrair mais pessoas portanto não relaxes.
Um bom debate deve ter entre 12 a 25 pessoas.
Mais do que 25 pessoas já coloca algumas dificuldades de organização. Mas não te preocupes com excesso de pessoas. Dificilmente isso acontece e se acontecer o mercado equilibra: os menos interesssados vão-se embora e os mais interessados ficam.

Uma das hipóteses é colocar cartazes. Nos 2 primeiros debates que organizámos os cartazes não trouxeram uma única pessoa, mas na altura ninguém sabia quem nós somos.
E mesmo que não tragam ninguém criam notoriedade e credibilidade.
Naturalmente não faz sentido gastar muito dinheiro em cartazes, mas tirar fotocópias em folhas amarelas e cola-los com a ajuda de mais uma pessoa não dá muito trabalho e não sai nada caro.

Onde a divulgação do debate não pode faltar é nos nossos meios de divulgação. Uma semana antes e novamente no dia. Isto inclui blog, mailing list interna e lista de divulgação. Se falhares estes meios os outros poderão reclamar contigo por não os teres avisado.

O “31 de boca” é sempre um meio muito forte. Certifica-te que convidaste todos os teus amigos, mas não exijas a sua comparência. A maioria das pessoas não gosta de ser chateada para participar em actividades politicas mas pode achar interessante ir a debates. Convém já teres pensado com alguma antecedência todas as pessoas que podes convidar.

Utiliza a criatividade: quem podes convidar, como podes publicitar?
Demonstra sempre muito entusiasmo pelo debate. Se tu não acreditares que é interessante ninguém vai acreditar.

O Dia D:

Antes do debate faz uns útimos convites,prepara as papeladas e uma folha de emails que vais passar durante o debate para enriquecer a nossa lista de divulgação.
Consulta o documento “lista para inscrições na mailing list”
Convém também juntar alguma informação sobre o tema do debate. Não te esqueças de levar o banner do “MLS” e a tua t-shirt.
Confirma que as pessoas não vão faltar. Socializa com as pessoas do bar, certifica-te que o teu telemóvel tem bateria. Exige a presença de alguns liberais e mostra-lhes que estas contente e agradecida/o por eles lá estarem. Dá-lhes indicações mas não fales como se eles fossem estúpidos e lembra-te que não lhes pagas e por isso eles não estão lá para aturar autoridade e maus-tratos. Se fores simpática/o com eles, eles vão ser simpáticos contigo e com os outros.

Chega bastante cedo, fala com as pessoas presentes. Se vires pessoas que estão simplesmente a tomar um café aproveita e pergunta: “vêem para o debate?”. Tens tema para meter conversa e divulgar o movimento, portanto aproveita. Não sejas timida/o. Ser político é isso mesmo. Tens o teu cartão pessoal do movimento à mão?

Dá uma orientação às mesas com alguma antecedência. Por trás dos oradores não deve haver qualquer tipo de movimento, nem televisões, nem janelas para não distrair os visitantes.

Certifica-te que falas um bocadinho com todas as pessoas que cheguem antes do início do debate e incentiva os teus colaboradores a fazer o mesmo. Insiste que te tratem por “tu” e explica que é um ponto específico do MLS.

Tenta começar a horas. Vamos dar o exemplo do profissionalismo.

No início do debate alguém tem de apresentar o debate e o moderador e fazer uma recepção com um discurso simpático mas muito curto e agradável. Podes pôr uma piadita se tiveres jeito para dizer. Mas lembra-te da regra KISS (Keep it Simple and Smart). Sê tu mesma/o. Se não tens jeito ou gosto para dizer piadas, não digas. Para se ser agradável não é necessário ser falso.

Durante o debate há IMENSO trabalho a fazer. Se os outros liberais mostrarem iniciativa dá-lhes um “thumbs up” e deixa-os fazer essas funções, mas não exijas. Delegar é sempre uma boa atitude. Se tu delegares o teu superior também pode delegar funções a ti passando-te a funções mais importantes.
Contudo certifica-te que quem fazo teu trabalho, o faz bem feito. As falhas deles são as tuas falhas.
Sê um lider, não um ditador, incentiva, não ordenes.
Jamais utilizes palavras negativas num debate ou noutro evento, crias mau ambiente e dás uma péssima imagem do movimento. Quem ficar com um sentimento negativo do movimento vai manter essa imagem para o futuro, portanto mantém o espírito positivo sempre presente. Só tens uma oportunidade para dar a primeira impressão.

Participa no debate, dá opiniões bem fundamentadas surpreendentes e não ataques ninguém. Convém que ninguém tenha contra ti. Não entres em guerrilhas e mantém sempre a tua atitude.
Vai passando a folha de inscrições para a lista de divulgação. Elogia os participantes que te pareçam mais liberais, convida-os a fazerem parte do movimento, mas atenção para não iniciares conversas paralelas.

Uma questão muito importante entre liberais é utilizar-se o nome. Insiste com as pessoas para que se identifiquem pelo nome, pede ao moderador que pergunte os nomes às pessoas. Isto vai tornar o debate muito mais amigável e produtivo. Certifica-te que as pessoas com quem falas fixam o teu nome. Distribui o teu cartão.

Um dos problemas que acontece nos debates é a maioria das pessoas ficarem à entradas desmotivando os seguintes a assistir. Então puxa os primeiros que entrarem para o lado oposto à entrada.

Durante o debate tens de ter a sensibilidade de ver se o debate se aguenta sozinho e se está a variar entre vários temas. Se vires que o debate está a morrer ou a bater sempre na mesma tecla pede autorização para falar e quando for a tua vez puxa o debate noutra direcção.

O fim do Debate

No final dos debates há sempre um “fazer as pazes”. As pessoas civilizadas vão perceber que não têm de se odiar por terem opiniões diferentes. Se por acaso algumas pessoas preferem ficar zangadas é porque têm muito que evoluir e não faz tanto sentido investires muito tempo nessas pessoas mas certifica-te de que foste simpática/o e sempre irrepreensível. Quem sabe as pessoas que são desagradáveis hoje vão ser mais agradáveis daqui por uns meses ou por uns anos.
Lembra-te de sorrir enquanto agradeces individualmente e esclarece qualquer dúvida que tenha ficado.
Faz algum contacto humano como uma mão no ombro ou no braço. Prolonga o aperto de mão e olha as pessoas nos olhos. Eles têm de sair dali bem dispostos. Geralmente esta é uma fase muito importante que funciona como a descontração depois de um treino intenso.
Utiliza a tua inteligência emocional.
Lembra-te que estas tanto a ser avaliada/o pela inteligência, mas também pela moral e simpatia.
É necessário que já exista outro evento marcado que poderá ser outro debate ou outro meet-up e aproveita para convidar as pessoas a ir. Desta forma todos aqueles que ficaram com alguma simpatia poderão ter uma continuidade. Aproveita esta altura e a deixa para dar o teu cartão e pedir os números de telefone e mails que não tenham sido adicionados à folha.

Lembra-te que os teus colaboradores liberais são das pessoas mais importantes para ti. Tens de ficar com uma optima relação com eles. A organização de um debate fortalece muito as relações pessoais.
Pergunta-lhes a opinião deles sobre como correu. Elogia o trabalho deles e agradece a dedicação.
Agradece sempre aos proprietários do estabelecimento.

Após o debate

Como correu o debate? Correu bem ? De certeza que sim.
Teve alguma falha? De certeza que pode ser melhorado.
É importante que faças junto com todos os que colaboraram uma análise. Não é tão importante que este debate tenha corrido bem, mas sim que o próximo debate corra ainda melhor.
Não te esqueças de tirar notas e de colocar no blog o que se discutiu, que conclusões se chegaram e o que de interessante foi dito.
Este texto pode evoluir, portanto envia os teus comentários e notas sobre como organizar um debate aos membros de direcção.
Conheceste alguém liberal no debate? Então entra em contacto com essa pessoa, convida para um meet-up, agradece a sua presença.

O que pode correr mal:

Uma das pessoas pode faltar à ultima da hora e não avisar. Certifica-te de que as pessoas estão realmente decididas a vir e coloca hipóteses para o caso de alguma delas faltar. Possíveis substitutos,mas se tiveres três oradores e um deles faltar não há problema. Se faltar o moderador ocupa o lugar dele sem hesitar.

As pessoas podem concordar todas umas com as outras. Em princípio não tem consequências más, mas se os debates forem muito concordantes perdem muito a sua credibilidade e intensidade. Não deixam uma recordação forte em quem assiste.

Os ânimos exaltarem-se. Pessoas com fraca capacidade de discussão e pouco desenvolvimento intelectual tendem a achar que a sua opinião é absoluta e que todos deviam concordar com eles. O moderador tem de ter capacidade para impor ordem, embora seja sempre preferível faze-lo com alguma subtileza. Apelar ao direito de expressão é sempre uma boa forma de o fazer.

Uma das opiniões dominar. Por vezes uma associação leva muito mais pessoas que as outras. Uma das hipóteses para encher a sala é avisar as várias associações desta possibilidade. Certifica-te também que estão presentes vários liberais.

As pessoas podem se atrasar muito e não haver quase ninguém à hora de começar. Marcar um mini-evento antes poderá ser a solução ou então podes incentivar aqueles que já conheces para aparecerem com antecedência. A pontualidade é um hábito.

Taxonomy upgrade extras: